terça-feira, 18 de abril de 2017

Relembrando: TV GLOBINHO


    Olá carinhas!
    Tudo bem com vocês?

    Hoje conversávamos sobre desenhos que marcaram os programas infantis dos anos 90!     E sem dúvida, a TV GLOBINHO foi responsável por imortalizar desenhos incríveis, que são lembrados até hoje!

    Por isso, hoje viemos relembrar com vocês de 5 desenhos que marcaram a TV GLOBINHO!

    Assista e deixe seu like:



    Deixe seus comentários e se não é inscrito, se inscreva e ative o sininho para não perder nenhum vídeo!

Hasta La Vista! :)

quinta-feira, 13 de abril de 2017

REVIEW: POWER RANGERS 2017 - CADÊ AS LUTAS? CADÊ OS RANGERS? CADÊ? - Séries e Afins


    Olá galerinha linda que acessa nosso blog diariamente mas não comenta, tudo bem com vocês?

    Bem, estamos voltando hoje com uma novidade: A nossa PRIMEIRÍSSIMA REVIEW DE FILME! Sim, isso mesmo.
    Agora somos críticos de televisão e cinema com formação Netflix.

    Esta semana, no canal, fizemos um vídeo sobre a 1ª temporada de uma das séries mais aclamadas e lembradas da década de 90. Com certeza todos vocês acompanhavam, já assistiram, ouviram ou ao menos sabem que existiram.
    Estou falando, claro, dos incríveis e saudosos POWER RANGERS.



    O Tokusatsu mais famoso da história, mesmo não sendo o pioneiro, inclusive bebendo de várias fontes como SUPER SENTAI e SPIDER MAN ( o japonês ), POWER RANGERS conseguiu apesar disso, imprimir sua marca e transpor para as telas um gênero que inspirou grandes mudanças no cenário da televisão, conciliando temas que agregavam conceitos morais à violentas batalhas entre monstros gigantes e heróis coloridos.

    No auge dos anos 90, ninguém se importava se o seu herói favorito usava uma roupa colante.
    A breguice das roupas e adereços, vilões caricatos, tudo isso era a essência dos POWER RANGERS, porque o que importava de verdade, era a devoção que cada uma das temporadas, por mais renovadas e modernas que fossem, tinham com a boa e velha luta corpo a corpo.

    E porque esse relato e desabafo? Para fazer um review do novo filme, reboot da incrível e agora clássica 1ª temporada de PR, era necessário analisar tudo o que a série foi, pois só assim, poderemos fechar os olhos e acreditar que em 2017, existiu um filme digno de ser chamado fruto desta incrível franquia.

    O filme é legal. O filme tem bons atores. Mas não é POWER RANGERS. Talvez seja um primo distante dos Transformers que assistiu POWER RANGERS, mas isso não o faz ser POWER RANGERS.

    O enredo do filme desenvolve personagens, constrói um relacionamento com o público, nos faz gostar deles. OK, na série as relações eram construídas com o tempo, com pequenas mostras de lealdade e amor em cada luta, e isso era necessário, porque Power Rangers é amizade. São 5 pessoas dividindo cargas grandes, onde um é o apoio do outro.



    A essência de cada personagem homenageia os atores originais, com a Naomi Scott fazendo jus á uma ranger rosa decidida e autêntica, tão boa quanto a Amy Jo Johnson foi.

    Drace Montgomery é um ranger vermelho sem graça ( minha opinião ). O Ludi Lin ( ranger preto ) tem muito mais atitude do que ele para segurar o cargo. Não que devesse se impor sobre os outros, mas sempre confiamos que rangers vermelhos fossem seguros e um pouco arrogantes, o que as vezes não é algo ruim. No filme Jason sofre por ter antes sido um prodígio, orgulho dos pais e da cidade, mas que após um acidente se vê refém dos próprios medos e inseguranças. Mas sendo o primeiro filme, a gente perdoa. Talvez nos próximos filmes ele cresça para ser um ranger vermelho de impacto.

    A cantora Becky G faz da ranger amarela uma personagem enigmática e bastante acolhedora. Identificamos com pessoas sozinhas, que temem confiar em qualquer um, em um mundo cada vez mais superficial. A Trini é gay, resolvendo a questão que perseguiu toda a série, ora rangers amarelos garotos, ora rangers amarelos garotas. Rangers amarelos são pessoas, não dependendo de rótulos como o vermelho precisar ser homem ou a rosa uma mulher.

    RJ Cyler é o alívio cômico do filme, e faz do seu ranger azul um personagem fofo e querido, se transformando, conforme o filme passa, em um verdadeiro elo entre os rangers. Ele desperta o melhor que cada um deles pode ser para o outro.

    Rita Repulsa, a vilã da vez, é vivida pela Elizabeth Banks. Gostei do início do filme, onde mostra um pouco da relação entre ela e Zordon ( Bryan Cranston ), mentor dos rangers. 
    Finalmente podemos confirmar que sim, a Rita foi uma ranger verde e o Zordon, um ranger vermelho. A rixa entre eles é claro, foi causada pela traição de Rita contra os próprios parceiros, o que reforça ainda mais a questão da lealdade e confiança serem as peças chaves para que os rangers morfem.



    Mas o grande problema do filme, são as cenas de luta, ou neste caso, a falta delas.

    POWER RANGERS em suma, sempre foi uma ode ás artes marciais, luta corporal e exercia sempre a relação entre disciplina e equilíbrio. Mas o que vemos neste filme é mais do mesmo, uso de efeitos visuais, e diga-se de passagem, nem assim consegue impressionar, nem ao menos pra quem já assistiu Transformers, Iron Man, e outros filmes do gênero. Muita fumaça, mas não tem prédio explodindo atrás do MegaZord. Até os lacaios de Rita são todos computadorizados. Mano, pelo amor de Deus, algumas coisas deveriam ser preservadas. E isso me deixou triste.

    Ver uma série ser transformada em uma cópia mal feita de tudo o que essa nova geração abraça, é triste. Viemos de uma época onde a simplicidade era o bastante. POWER RANGERS lutando no chão, com suas roupas coloridas, ou nem que fossem uma bandana com cada cor característica, era suficiente.

    Quiseram tornar atrativo algo que não precisava de efeitos visuais incríveis, só precisava ter um roteiro decente. Nem policiais parece haver na Alameda dos Anjos, a população não sente o temor da guerra, não até que um monstro gigante de ouro apareça.

    Não comparando com a série, o filme é legal. Apresentou personagens legais, que constroem uma amizade legal, e se o filme fosse apenas isso, sem Zordon, sem Rita, sem poderes, seria ainda assim, um filme legal para assistir numa tarde preguiçosa.

    Mas infelizmente, decidiram incluir nesse roteiro apenas legal, um clássico. E isso torna o filme pequeno, talvez legalzinho.

    E POWER RANGERS precisa de mais. Precisa ser sensacional. Merecemos isso, as novas gerações merecem, a franquia merece, e espero que melhorem conforme os novos filmes venham, porque... cara, é POWER RANGERS, e isso vale muito no coração de quem viu nascer esta maravilhosa série!!

Nota de um leitor e fã da franquia PR: 5,5/10

Até a próxima

segunda-feira, 10 de abril de 2017

POWER RANGERS MIGHTY MORPHIN - Curiosidades


    Hola galerinha linda, tudo bem com vocês?

    Confiram nosso video com 14 curiosidades sobre a 1ª temporada desse Tokusatsu de sucesso em todo o mundo!


Querem saber mais sobre nós? Deixem suas perguntas pessoais nos comentários, que responderemos nos próximos vídeos!
Beijos!! :)

quinta-feira, 30 de março de 2017

E O NOSSO CANAL? É O FIM? - Retrô Net



Não acabou! Pelo contrário! Estamos mais revigorados do que nunca!
Sigam, compartilhem, e
deixem perguntas abaixo para serem respondidas no final de cada vídeo! :)

Beijão!

sábado, 25 de março de 2017

ANÁLISE DO TRAILER: JUSTICE LEAGUE - Séries e Afins


Hello Guys, What's Up?

    Hoje é um dia especial para todos os fanáticos por cinema ( como eu, Fellipe ), ainda mais se tratando de live-actions do Universo Estendido da nossa querida DC Comics ( da qual o Fernando e eu é fã ), portanto estamos eufóricos e queremos compartilhar com vocês.



    Saiu o primeiro trailer OFICIAL de LIGA DA JUSTIÇA, excluindo aquele maravilhoso sneak liberado na ComicCon. Demorou mas finalmente vamos conferir o que podemos esperar desse que é um dos filmes mais aguardados do ano.

    Então vamos agora discutir e teorizar cada trecho relevante do trailer, destacando todos os pontos dessa super produção que traz os maiores heróis da história!



    O trailer começa com o Batman ( Ben Affleck ), indo ao encontro do Aquaman, enquanto conversa com a Diana sobre um ataque que se aproxima.
    Vemos então, uma das caixas maternas guardadas pelo cientista Silas Stone, sendo ativada, e já podemos conferir que ele não estava sozinho.

 caixas maternas serão o motivo para os ataques, a mando do temível Darkseid!

Atrás do pai do Ciborgue, vemos um parademônio!


    Bruce descreve para Diana os seus novos parceiros.

    Um a um são apresentados os heróis da Liga.
    Já dá para perceber que o Aquaman ( Jason Momoa ) é um cara de poucas palavras e muita atitude.



    Ainda contaremos com a super presença de Mera ( Amber Heard ), mulher do rei dos mares. E se prestarem atenção na cena á direita de Mera, podemos ver uma das caixas maternas. Isto esclarece o motivo dos ataques também no fundo do mar.




    Ezra Miller é um flash excelente, com um humor leve, e uma certa imponência ao usar os poderes. Inclusive os efeitos estão ótimos.



     Ainda sobre o Flash, poderemos ver um pouco do relacionamento e crise do seu pai, preso pelo assassinato da mãe do herói.




    A ótima qualidade dos efeitos apresentados ( até agora ) com o Flash, não se repete no caso do Ciborgue ( Ray Fisher ). Claro que, por ser o primeiro trailer, ajustes melhores serão feitos, e tenho fé que o resultado será incrível.




    E eis que entra, o Batman já no calor da batalha, lutando contra parademônios ( capangas de Darkseid ).
   

    

    E claro, ela.

    A Mulher Maravilha ( Gal Gadot ) é uma das cabeças do plano de unir os heróis, e nas cenas em que aparece, demonstra a liderança de sempre. Maravilhosa.

 
   
  Vemos também, que vai sobrar pancadaria não só com parademônios, mas também para humanos. Será que teremos Lex Luthor aprontando das suas em meio a crise?



    E sabemos que como em toda boa guerra, a Liga contará com o poderoso exército das Amazonas.




    Outro detalhe importante é a aparição de Lois Lane ( Amy Adams ).

    NADA, absolutamente nada, relacionado ao Superman foi revelado. O que é ótimo, cria expectativa. Sem dúvida sua aparição será o clímax do filme, e mal podemos esperar para ver.


    

    Além dos parademônios, nada também foi revelado sobre o vilão Steppenwolf ( Ciarán Hinds ). A gente vê o cuidado da Warner desde os trailers de Wonder Woman, em não entregar o filme como em BvS.
    Snyder pode nos entregar o seu melhor filme do Universo estendido. Possivelmente, com os próximos trailers teremos mais revelações.

Enquanto isso, vamos torcer e curtir Wonder Woman que sairá em Junho. Ansiosos?


Curtam nosso canal, sigam nossas redes sociais e comentem o que acharam do trailer.
Um super beijo
Até a próxima :)

segunda-feira, 20 de março de 2017

DISCUTINDO O UNIVERSO ESTENDIDO DA DC - Curiosidades


    Hello retroneiros, quanto tempo!

    Já estávamos com saudades, e sei que estivemos em falta, mas agora estamos aqui, e trazendo novidades!

    A finalidade do blog em suma é destacar e relembrar de desenhos, séries e tudo que nos remete a infância. Entretanto, também somos apaixonados por cultura pop. Somos Geeks de carteirinha e também estamos antenados com as novidades do cinema da Marvel e da Warner, produtora dos filmes da DC Comics.

    E como todo bom fã de desenho, HQ, nosso coração está saltando de ansiedade para os novos filmes do UNIVERSO ESTENDIDO DA DC, com o aguardado Wonder Woman, e posteriores Justice League, Aquaman, Green Lantern, e do ASA NOTURNA, entre outros que estão por vir.

WOW.

Aposto 2 toddynhos que todo mundo sonhou em ver os maiores heróis dos quadrinhos finalmente na grande tela, e sabemos que nem Os Avengers, Spider-Man ou até mesmo os insatisfatórios filmes do Universo X-Men poderiam suprir esse desejo.


     E hoje, abrindo um novo espaço aqui no blog, vamos desvendar, discutir e teorizar sobre estes e outros filmes que darão as caras este ano.

    Começando por:


WONDER WOMAN

    Primeiro filme da heroína mais famosa do planeta, símbolo feminino e que faz parte da Trindade ao lado do Superman e Batman, Wonder Woman tem tudo para ser a salvação da DC neste novo projeto Estendido.


    Man Of Steel é um filme que desenhou uma linha sutil porém impecável, relacionando o poder de um homem capaz de destruir um mundo que ele preocupa e ama, e que independente dos termos e motivos, as consequências de ser um Deus eram pequenas diante de sua própria percepção e risco em ser um homem. Foi um filme bem feito, talvez faltasse algum toque de esperança, ou esperávamos um herói pronto, sem crises ou com total desprendimento do seu senso crítico.

    Tudo ia bem, até chegar Batman Vs Superman, que, apesar de introduzir um bom arco para os filmes futuros, e que não deixou a desejar no visual e coesão de roteiro. Roteiro, não adaptação. Porque apesar de toda a qualidade técnica, não era o que o filme pedia. 
    Toda a amargura do Batman ( insuperável, aparentemente ) impõe ao filme uma narrativa cansativa que brilhantemente já havia sido abordada em Man Of Steel. E é realmente decepcionante quando você assiste um trailer que no final é infinitamente melhor do que o filme.

    E então chegamos ao aguardado Wonder Woman, vivida pela linda Gal Gadot, que foi dona do plot twist de Batman Vs Superman, revigorando nossos sentimentos para o futuro da editora no cinema.

    Analisando o trailer, que possui um fotografia belíssima por sinal, reconhecemos que talvez agora tenhamos um filme digno de elogios de todos nós, fãs divididos entre fidelidade e inovação.

    Os três trailers souberam balancear a introdução ao mundo das Amazonas, a descoberta e transformação da mulher que se tornaria a maior heroína da história, e o alívio cômico tão questionável nos filmes anteriores, sem contar Suicide Squad que perdeu totalmente o rumo.

    Ares será o grande vilão do filme, mas felizmente não tivemos nenhuma menção ou preview dele nos trailers, o que já é um avanço se tratando da Warner que adora liberar tudo antes que a gente possa criar teoria ou alguma expectativa. Podia ser um alerta do que viria para que os críticos não pudessem dizer que não foram avisados. Sei lá.

    O fato é, que a sutileza da nossa princesa Amazona e a abordagem direta e centrada apresentada nos trailers indicam que Wonder Woman recupera o otimismo do estúdio, a sensação de dever cumprido, nem tanto em relação à mudança de direção, mas na certeza de estar fazendo um trabalho digno de tudo o que a DC representa na cultura, um símbolo de ideal e imersão total ao heroísmo e justiça que tanto buscamos no mundo real.

Fique com os 3 trailers e deixe nos comentários o que espera deste filme tão aguardado:


    

Até a próxima!! :)

domingo, 5 de março de 2017

OS DESENHOS NOS ANOS 60 - Sessão Retrô


Saudações terráqueos, tudo bem?

    Hoje o Retrô Net viaja diretamente aos anos 60 para relembrar dois desenhos que fizeram sua gloriosa estreia na década de ouro da TV.

    A ascensão da televisão no mundo se propagou com as séries e crescimento dos noticiários. Era hora de uma nova expansão. Apesar dos desenhos já terem uma longa jornada de sucesso, potencializados pela inovação da Disney, que aqueceu um mercado cheio de expectativas.
Se você quer saber mais sobre o surgimento dos desenhos, [CLIQUE AQUI].


    Agora, vocês certamente já ouviram falar de Hanna-Barbera! Não?!

    Hanna-Barbera foi uma empresa de desenhos animados, hoje considerada uma das pioneiras e principais criadoras de animações de sucesso. Formada pela dupla de cartunistas William Hanna e Joseph Barbera, que fundaram em 1957 o estúdio.

    Hanna-Barbera dominou o mercado nos anos 60, popularizando várias criações, que hoje se tornaram clássicos dos desenhos. Tanto que, as duas séries relembradas aqui nesse post, saíram dessas mentes brilhantes.



    Um dos maiores clássicos criados pela dupla, The Flintstones se tornou referência e consolidou já de início o que seria a marca do estúdio: desenhos que representavam a sociedade em diversas eras e contextos.

    Fred Flinstone, ao lado da esposa e filha Wilma e Pedrita Flinstone, e do melhor amigo, sua parceira e filho Barney, Betty e Bam-Bam Rubble, trouxeram aos desenhos o contexto do que seria viver em um mundo pré-histórico, onde tecnicamente não existia tecnologia. O que torna o desenho tão fascinante é perceber que tudo o que precisamos hoje, em termos materiais, teria sua versão rústica, de acordo com a era.
    Isso quer dizer que em Bedrock, cidade onde os protagonistas residiam, Fred trabalhava em uma companhia, possuía um carro, Wilma contava com todos os eletrodomésticos que precisava, jogavam boliche, passeavam no cinema, e consumiam os famosos Fast food, exemplificando e satirizando o modo de vida americano, tudo isso adaptado á um mundo repleto de dinossauros, vulcões e tudo o mais.

    Criado em 1960, e exibido pela ABC até meados de 1966, Os Flinstones inovaram e popularizaram na TV americana um gosto pela comédia, tanto que o desenho se estendeu por 6 temporadas. 
    A série contou com 13 animações, 1 animação em longa metragem, 11 especiais na TV, 6 longas e 2 filmes em live-action.

    Sem dúvida, um clássico!

Relembre a abertura: 



-------------------------------------------------
    Outro grande acerto da dupla, Scooby-Doo se tornou um fenômeno.

    Scooby-Doo teve seu nome inspirado em uma música do grandioso Frank Sinatra, Strangers In The Night. Criado em 1969 pelo Iwao Tkamoto, Hanna-Barbera produziu a série que retratava 4 amigos e seu animal de estimação, o Dogue Alemão Scooby em aventuras pelo mundo desvendando mistérios sobrenaturais.

    Salsicha, Scooby, Velma, Daphne e Fred viajavam em um furgão. Cada um dos personagens com uma personalidade distinta, se completavam e resolviam os mais misteriosos casos de aparições fantasmas, assombrações e coisas do gênero. Apesar de Salsicha e Scooby serem medrosos, o quinteto sempre resolvia os casos.

    Scooby Doo é o segundo desenho com maior número de temporadas, perdendo apenas para Os Simpsons.

    No total, a série conta com 27 temporadas, e ao longo dos anos se firmou como um dos destaques da TV, propagando séries, filmes, e expandindo a marca aos mais variados mercados.

Relembre a primeira abertura da série:



-------------------------------------------------
    Ainda podemos relembrar de outro desenho da época, já citado aqui no blog, OS JETSONS. Confira [AQUI].

-------------------------------------------------

E vocês?! Relembraram? Ainda assistem estes dois clássicos?
Não deixem de comentar e deixar sua opinião sobre estes e outros desenhos, além de seguir nossas redes sociais!

Até a próxima galera! ^^

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

ESPECIAL TRIOS: OS IRMÃOS WARNER / OS IMPOSSÍVEIS / TRÊS ESPIÃS DEMAIS : Relembrando

    Olá de novo galerinha do retronet!

    Continuando o especial da semana, hoje vamos relembrar de três trios trilegais :)

    Se você ainda não leu o especial da vaca e o frango / Super Gêmeos, clique [AQUI] e confira!

    Bem, Vamos lá?!



YAKKO, WAKKO E DOT - 1993


    Em 1993, a Amblin Entertainment, em parceria com a Warner Bros, desenvolveu uma série de desenhos animados chamada Animaniacs. A produção apresentava em formato de show, várias esquetes com diversos desenhos e personagens. Parecido com o Raw Toonage [LEIA MAIS AQUI].

    E nesse grupo de personagens, um trio se tornou referência e popularizou-se no mundo todo, inclusive tendo expandido a marca em brinquedos e até mesmo, alimentos.

Lembram-se dos TAZOS, aqueles discos de papel caros e inúteis? Os animaniacs foram febre na época.


    Mas quem são eles?
    São os irmãos Warners. Ou também, Yakoo, Wakko e Dot.

    As estrelas da série se tornaram a marca registrada do Animaniacs, tanto que apareciam no início e no fim de cada episódio, além de fazerem pontas em outros desenhos do canal.

    Na história, os irmãos foram criados pelos estúdios da Warner nos anos 30, porém foram trancados por serem muito travessos. Dessa forma, o desenho '' jamais seria mostrado ao público ''. Mas os irmãos eram muito espertos e frequentemente saíam para aprontarem nos corredores da Warner, além de invadirem outras produções.
    O desenho apresentava uma comédia evoluída do Pernalonga, com piadas de humor sem pudor e características loucas.

Os pestinhas da Warner.

Os irmãos são:

Yakko: O mais alto, mais velho e líder do trio. Não resiste à mulheres atraentes, e sempre que pode, pula no colo das moças.

Wakko: O irmão do meio, e o mais estranho. Wakko tem um '' bolso mágico '' de onde tira os mais absurdos e inimagináveis objetos. É comilão, engraçado e como o irmão mais velho, mulherengo.

Dot: A única menina do trio, é também a mais confiante e esperta. '' Princesa Dot '' odeia a forma como os irmãos tratam as mulheres, mesmo tendo encontrado seu ponto fraco com alguns homens.
    Ela é praticamente uma Hermione Granger em desenho.

meninos são meninos.

    A série da Animaniacs contou no total com 5 temporadas, em 99 episódios, de 1993 à 1998.





OS IMPOSSIVEIS - 1966


    Assim como suas outras produções, Hanna-Barbera mais uma vez obteve sucesso com o surgimento dos heróis mais rock in roll dos desenhos.



    Os Impossíveis iniciaram o que seria uma referência em outros trabalhos dos seus talentosos criadores.

    Um grupo de garotos, que tocavam em uma banda, e que em suas turnês, revezavam o tempo em cima do palco e derrotando vilões sob a pele de super heróis. Qualquer semelhança com Tutubarão, não é pura coincidência!

    Baseados no visual dos Beatles, os três músicos se transformavam nos heróis:

Homem-mola: Baixinho e gordinho, ele possuía a habilidade de esticar suas pernas e braços, exatamente como mola.
Quem se importa com uns quilinhos a mais quando se pode fazer isto?

Multi-Homem: Esse carinha podia se multiplicar. Sempre tirava sarro dos vilões que não conseguiam identificar qual o verdadeiro em meio aos clones. Era bem desligado, e tinha uma franja cobrindo os olhos, bem estilo anos 60.
Um clone na escola, enquanto você dormia! Quem nunca sonhou com isso?


Homem-fluído: O líder do trio, podia se transformar em líquido. Nem sempre era o poder mais útil, mas ele sabia como tirar o melhor dos seus companheiros e sempre conseguiam derrotar o mal.

Se ele vira água, qual a finalidade dos óculos? #momentos



    O sucesso do desenho se estendeu aos quadrinhos, e no total a série contou com 2 temporadas, em 36 episódios.




TRÊS ESPIÃS DEMAIS - 2001

    Produzida pelo estúdio Marathon Production, Totally Spies chegou no início do novo milênio prometendo ser uma das séries mais legais e interessantes, pois unia dois gêneros bem atrativos: investigação e adolescência.

    Sam, Clover e Alex, três jovens estudantes são recrutadas pela WOOHP ( World Organization of Human Protection ). As garotas dividem seu tempo entre os estudos, namorados, e claro, viagens ao redor do mundo para combater o mal.

    Cada uma das meninas tem uma personalidade bem distinta:

Alexandra Vasquez: É a desastrada do grupo. apesar de ser uma excelente esportista. É confiante e divertida.

Alex se dá bem com todos, é bem carinhosa e compreensiva.

Samantha Simpson: Sam é a mais inteligente, astuta e estratégica, habilidades muito importantes para uma espiã. Por ser a mais lógica das três, Sam é por muitas vezes responsável pela liderança do trio nas missões.

Sam é ágil e extremamente esperta.

 Clover Ewing: Clover é a mais ágil, impulsiva e forte das três. Tem a personalidade mais distinta, o que as vezes causa desentendimentos entre elas. Clover é extremamente segura de si, adora moda e não perde a oportunidade de dar em cima de algum cara que lhe atrai.


Clover sendo Clover.

    Ainda temos o Jerry, chefe das meninas, que não pensa duas vezes quando quer chamá-las para missões, independente das situações em que as garotas se encontram.


Jerry é o poderoso chefão, presidente da WOOHP!

    Uma das coisas mais legais no desenho são os acessórios que as espiãs utilizam. Desde batons lasers, secadores de cabelo que se transformam em campos magnéticos, até chicletes que se transformam em pára-quedas.

Coisitas básicas de espiões!

    A série teve uma recepção inimaginável, pois era apreciada tantos pelas meninas quanto pelos meninos. O fator espionagem talvez tenha quebrado o paradigma de desenho para garotas.

    A produção contou com 156 episódios, divididas em 6 temporadas.

    Vamos falar sobre Três Espiãs Demais e todas as temporadas logo logo aqui no blog. Não perca.



    E então, gostaram dessas três escolhas? Tem mais algum trio que vocês gostariam de relembrar? Deixem nos comentários.

    Até a próxima e não se esqueça de acessar nossas redes sociais.

Um super beijo, Bye Bye!






sábado, 18 de fevereiro de 2017

ESPECIAL DUPLAS: A VACA E O FRANGO / OS SUPER GÊMEOS - Relembrando

    Olá de volta galerinha!
    Voltamos hoje trazendo um especial bem legal! Relembraremos de alguns desenhos, seguindo a ordem de número de integrantes! Oi?! Não entenderam? Assim:

    Relembraremos 2 duplas, 3 trios, 4 quartetos e 5 quintetos dos desenhos! Legal né?!

    E hoje começaremos com 2 desenhos muito legais, que sem dúvida tiveram e ainda mantém uma base fiel de espectadores e fãs. Vamos Lá?!



A VACA E O FRANGO - 1996/1999

    Cow e Chicken é uma série animada, derivada de uma série de curtas originalmente lançadas no programa World Premiere Show, projeto entre a Cartoon Network e Hanna-Barbera, em 1995.

    O desenho surpreendeu por trazer personagens inusitados e inspirar a imaginação das pessoas ao tentar identificar a relação entre os personagens, sendo eles:

    Vaca, uma bovina de 9 anos, e protagonista ao lado do Frango, 11 anos, sendo ambos, irmãos, filhos dos '' humanos '' Pai e Mãe, que possuem apenas a parte inferior do corpo. (?) Sim! É isso mesmo que você leu!

Que medo!

    Além disso, o vilão do desenho é ninguém menos senão o próprio demônio, que tenta a todo custo levar os irmãos para o inferno. Uma das suas identidades é: Bum de fora (!!!!!)

            parece um pornô!

    A vaca e o frango ainda estudam e convivem com outros humanos, aliás vale relembrar dos seus melhores amigos Flem, o amigo medroso, e Earl, o mais lento da turma!

Afinal é tão normal uma amizade assim!

    A série contou com um total de 4 temporadas, exibidas em 52 episódios. Alguns deles foram censurados devido às várias piadas de duplo sentido e por apresentar o que alguns países consideravam um ambiente perturbador, com referências ao inferno e lesbianismo!

A vaca tinha um alter-ego: A Super Vaca, corajosa e destemida!

    O desenho chegou ao fim em 1999, mas se consagrou como um dos primeiros Cartoon Cartoons, inspirando novos curtas a serem produzidos!

    Fique com a música da abertura para relembrar!


E nossa segunda dupla  é:




OS SUPER GÊMEOS - 1973

    Assim como a vaca e o frango, os irmãos Zan e Jayna se tornaram ícones dos desenhos! A dupla de super heróis foi criada especificamente para os Super Amigos, série criada pela Hanna-Barbera baseada nos heróis da DC Comics.
    Zan e Jayna são alienígenas do planeta Exxor, que perderam seus pais quando ainda eram bebês, vítimas de uma peste que assolou seu mundo. Os dois possuíam habilidades classificadas como metamorfas, e após serem rejeitados por várias famílias, acabaram sendo adotados e criados pelo palhaço de um circo.

Zn, Jyna e seu  macaco, Gleek.

    Após chegarem a adolescência, Zan e Jayna decidiram fugir e se refugiaram em um planeta comandado por Grax, inimigo do Super Man.
    Assim, os dois decidem espionar e descobrem o plano do vilão de destruir a Terra. Eles avisam a Liga da Justiça, e passam a viver em Gothan, adotando as identidades de Johan e Joahanna Fleming.
    Zan possui o poder de se transformar em qualquer estado da água, assumindo formas desde o gelo ao vapor. Ok! Não é tão inútil quanto parece, afinal ele já capturou muito vilão apenas como uma poça de água! Não o substimem!

Zan se transforma em água!

    Já a Jayna pode se transformar em qualquer animal desde um dinossauro até o mais raro comum dos bichos! Geralmente ela é a força principal nas lutas dos gêmeos!


Jayna como águia, carrega Gleek, que carrega Zan! Que parceria!


    Apesar de serem parte de uma série em que dividem espaço com vários outros personagens, os super gêmeos são referência, e conseguiram marcar seu legado e personalidade na história dos heróis, tendo aparições em séries e sendo relembrados nos clássicos Liga da Justiça e Liga da Justiça: Sem Limites!

Os super gêmeos também apareceram na série Smalville!


    E você? Assistiu algum destes? Não deixe de comentar então qual episódio se lembra e de deixar suas dicas para os próximos posts.
    Acessem nossas redes sociais nos links ao lado e inscrevam-se no nosso canal!

    Até a próxima com os trios mais legais dos desenhos!
:)
Bye!